Dicas - Nova rotina com os cães

Artigo 1 Quarentena Foto 2Viver com as atuais restrições importantes é um momento preocupante para toda a família. Também é uma preocupação saber como cuidar melhor de nossos animais de estimação durante esse período. Existem algumas coisas que você pode fazer para ajudar seu cão nesse momento que você precisa ficar em casa com ele. Veja abaixo algumas dicas:
 
1. Planeje com antecedência
Crie um plano de cuidados com o cão em casa e tenha em mente quem poderia cuidar dele, caso você precise.
Tenha um 'kit” pronto caso você não possa sair de casa. Os serviços de delivery nesse momento serão bem importantes. Entre em contato com os Petshops que você costuma comprar para ver se eles estão atendendo em sistema delivery e também via compra online.
 
Programe-se para ter:
- Alimento suficiente.
- Quaisquer medicamentos que seu cão necessite.
- Comedouros e bebedouros suficientes e sempre limpos.
- Brinquedos diferentes e petiscos.
- “Kit” com os itens acima, caso alguém precise cuidar dele.
 
2. Crie uma nova rotina
Estar em casa o tempo todo é novo para os membros humanos da casa e pode ser confuso para os cães. Separe um tempo para realizar atividades com seu cão, como brincadeira e talvez tempo para aprender um novo truque. Planeje caminhadas mais curtas, se puder sair de casa ou dê preferência para brincadeiras nesse período.
Veja os truques que você pode ensinar para seu cão nesse período na nossa apostila de comportamento canino:
https://www.cevavet.com.br/materiais-tecnicos/e-book-12-comportamento-canino-conceitos-e-pratica/
 
Foto Artigo 1 Quarentena 13. O que acontece se meu cão estiver doente?
Clínicas veterinárias nesse momento podem apenas ver casos urgentes ou de emergência. Se você tiver uma consulta médica de rotina para o seu cão marcada nas
próximas semanas, ligue para o veterinário para discutir a necessidade da consulta e o
possível adiamento.
Se você estiver preocupado com a saúde do seu cão durante esse período, entre em contato com a clínica veterinária por telefone inicialmente para discutir suas preocupações. O seu veterinário decidirá se o seu cão precisará ir até a clínica ou não.
Não saia de casa sem antes verificar com o médico veterinário a real necessidade. Se você fizer parte do grupo de risco, veja um membro da família, amigo ou vizinho que possa levar seu cão à clínica, se necessário.
As clínicas veterinárias dispõem de medidas para proteger você e os funcionários, portanto, siga as instruções que podem incluir:
- Apenas 1 pessoa acompanhando seu cão na clínica
- Aguarde instruções quando chegar à clínica
- Lave as mãos ao entrar na clínica
- Evite o contato com as pessoas e mantenha uma distância de 2 m enquanto estiver na clínica
- Lave as mãos quando sair da clínica e quando voltar para casa
 
Ficar restrito a casa é um desafio para todos nós, mas seu fiel companheiro de quatro patas ficará feliz em estar com você. Planejar com antecedência ajudará a manter seu cão saudável nesse isolamento necessário.
 
Fique seguro, fique em casa!
 
Este artigo foi escrito em parceria com a Ceva Saúde Animal.
 
Sobre a Ceva Saúde Animal
A Ceva Saúde Animal é uma multinacional francesa, comprometida com o desenvolvimento de produtos inovadores para o mercado de saúde animal. A empresa, que está presente em mais de 110 países, foca sua atuação na produção e comercialização de produtos farmacêuticos e biológicos para animais de companhia e produção. Mais informações em: www.ceva.com.br